Piadas de Sexta

commentUmas piadinhas de médico pra descontrair.

Numa faculdade de medicina, o professor diz:

– Os Médicos têm que aprender duas coisas importantes:

1º – Ter muita atenção.

2º – Nem um pouco de nojo.

Por isso, vamos fazer um teste.

Trouxeram um cadáver e o professor enfiou o dedo no ânus do morto, lambeu e mandou todos fazerem o mesmo.

Todos se entreolharam, com cara de nojo, mas fizeram o mesmo.

Depois que todos lamberam o dedo, o professor disse:

– Ótimo! Nojo vocês não tem.

Agora só falta a atenção, pois eu enfiei um dedo e lambi o outro!

________________________________________________________________

Um senhor estava doente. Então ele resolveu ir ao médico, quendo chegou lá o Médico examinou o senhor e disse:

-Olha o senhor vai ter que tomar 3 remédios, eles estão anotados aqui nessa lista.

-Tudo Bem. Disse o senhor.

-Quando der 2 semanas você volta aqui, tudo bem?. Disse o médico

Depois de 2 semanas o senhor volta lá.

-E aí você comprou o remédio?

-Sim.

-O senhor está se sentindo melhor?

-Não.

-Nossa, você tomou o remédio?

-Não.

– Porque?

-Pois na caixinha do remédio estava escrito “Mantenha sempre fechado”.

Para ler mais piadas, clique em _______________________________________________________________

Após a cirurgia:

– Doutor, entendo que vocês médicos se vistam de branco. Mas por que essa luz tão forte?

– Meu filho, eu não sou médico p*rra nenhuma, eu sou São Pedro!!!!

_______________________________________________________________

Dizem que esta história é real, um caipira de uma pequena cidadezinha do interior, certo dia foi até a cidade, num prédio onde tinha diversos consultórios e laboratórios médicos.

Ele entrou na sala de um médico oftalmologista, com uma caixinha de sapato em baixo dos braços, chega para a recepcionista do médico e fala:

-Dona, eu quero marcar uma consulta com o doutô médico das vista.

Era uma tarde muito quente, a pequena sala estava lotada de pacientes, e daquela caixinha ali embaixo dos braços do caipira, exalava um cheiro horrível, um fedor de bosta. A recepcionista foi logo se adiantando:

-Meu senhor, o exame de fezes não é aqui não. É lá no quarto andar.

-Não dona, eu preciso falá com o doutô.

-Mas meu senhor, não adianta insistir, o médico aqui não vai resolver o seu problema.

-Não dona, eu só saio daqui depois de falá com o doutô.

O povo reclamando muito:

-Pô cara, vê se enxerga meu! Aqui não faz exame de bosta não.

E o caipira ficou no cantinho quetinho, só aguardando a sua vez.

Foi aí que todo mundo, não aguentando mais a catinga fedorenta, saíram da sala e ficaram esperando lá fora.

Então o médico termina de atender um paciente, e abre a porta, e quando sente o fedor vai logo falando:

-Meu senhor, aqui não fazemos exame de fezes não.

E a recepcionista:

-Eu avisei para ele doutor, mas ele insistiu que só saía daqui após o senhor atender ele.

O médico percebendo que não tinha outra alternativa, para se livrar logo do capiau, resolve atender ele logo de uma vez, na frente dos outros pacientes.

O médico pergunta o problema, e o caipira abre a caixinha, e dentro tinha um baita tijolão, um baita troço enorme. Aí o caipira explica:

-Doutô, toda vez que eu faço um desses, sai uma lágrima dos meus olhos; o senhor não quer dar uma olhadinha nos meus olhos?

_______________________________________________________________

O médico recomenda a um paciente que sofre de insônia:

— Por que o senhor não tenta contar números logo que se deita?

— E que eu sou boxeador, doutor. Quando chego a nove, me levanto!

_______________________________________________________________

Um senhor vai ao médico tomar uma vacina.

-Será que vai doer, Doutor?

-Vai doer um pouco agora, mais tarde já não vai doer tanto.

Então eu volto mais tarde.

_______________________________________________________________

O médico foi trabalhar numa cidade do interior. Quando chegou à cidade um morador lhe deu as boas vindas e disse:

-Doutor aqui só tem um problema,não tem mulher, então, quando o senhor quiser dar umazinha tem que ir à beira do rio pegar a jumenta.

O doutor como era um homem educado achou essa idéia horrível.

Ao passar três meses que estava na cidade o doutor já estava subindo pelas paredes e resolveu ir á beira do rio e ao chegar estava aquela fila enorme. Quando os homens viram o doutor deixaram ele ir na frente e ele foi arriou as calças e começou. Quando a jumenta começou a gemer uma pessoa falou:

-Doutor não era pra comer a jumenta, ela é só para atravessar o rio. O puteiro fica do outro lado.

Anúncios

Publicado em 20/02/2009, em Humor, Piadas e marcado como , , , , , , , , , , , , , , , , . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: